Simpatia: Como laçar um homem difícil e outro poema

Simpatia

Certamente esse homem não sou eu,
Porque eu sou fácil, fácil...
Sou fruto da conquista de poder, da emancipação da mulher
E de suas permissões sexuais sem conquistas.

Mas se acaso você encontrar esse homem
Aqui vai um feitiço para que você prenda esse homem difícil
Porque certamente esse homem está em extinção.

Ingredientes:
1 caneta
1 pedaço de papel cor-de-rosa
1 calcinha que seja sua,  ou um sutiã que seja seu
1 vaso com flores de sua preferência.
(Gosto de flores de Amarílis)
Escreva o nome desse homem “difícil”
No papel cor-de-rosa e dobre em 4 partes.

Use esse papel preço na sua calcinha,
Ou em seu sutiã durante um dia inteiro.
Depois enterre o papel no vaso de flores.

Agora, se você pertence à sociedade do prazer,
Essa sociedade que leva o prazer
Acima dos conceitos de certo e errado,
Essa sociedade que não sabe aceitar a vida e nem a morte,
Estão não se dê tanto trabalho, estou aqui!
Sou do sexo fácil e degenerado...
Na sociedade do prazer não existe homem difícil,
Somos muito fácil, fácil e entorpecidos pelo sexo fácil.

Abílio Santana
J.Nunez


Virilidade masculina...

De fora da pista de dança, lá da porta
Perto da saída de emergência
Ela tem uma vista panorâmica.

Feito caçadora, ela procura com os olhos e me vê presa fácil,
Que não resistirá suas garras de caçadora da noite.

Ela me avalia com seu olhar infravermelho
E sabe que eu cumpro todos os requisitos
Para uma única noite de prazer.

Ela sabe que sou frouxo e fácil...
E que não quero mais que um dos seus olhares,
Não sou o inconveniente que fica perguntando:
_ “você me ama ?”

Se acaso eu pedir será apenas uma safadeza
De fetiche de amor clássico.
Tudo consumado, ela veste sua roupa e nem saber meu nome...
Ela se diz razoavelmente satisfeita...
E seu nome esqueci de perguntar.
Ela se diz razoavelmente satisfeita.

Ela não sabe do segredo de minha virilidade, hoje.
Tomo diariamente, e nas horas pares e por sete dias seguidos,
Um copo de limonada adoçada com mel.

Quando quero dinamizar os resultados,
Como num prato branco com uma colher de pau
Nas horas ímpares, uma colher de abacate amassado com limão.

E para garantir o sucesso da noite
Tomo um copo do afrodisíaco Chora Menina,
Esse é segredo de meu tataravô.

Ela veste suas roupas enquanto diz:
 _ Você é mais cheiroso que uma moça, e conclui:
 _ Ainda bem que sou bissexual...

Sou cheiroso com uma moça e faço as axilas e as sobrancelhas...
Afinal sou homem moderno:
Metrossexual e estou pensando em colocar silicone no bumbum...

Abílio Santana
J.Nunez

Nenhum comentário:

Postar um comentário