tecnofóbica

Mattelart (op. cit., p. 172): Os discursos que acompanham a sociedade da informação erigiram em lei o princípio da tabula rasa. Não há nada mais que não seja obsoleto. O determinismo tecnocomercial gera uma modernidade amnésica e dispensa o projeto social. A comunicação sem fim e sem limites institui-se como herdeira do progresso sem fim e sem limites. (...) A própria noção de complexidade é pervertida e transformada em álibi. Toda atitude contrária a esse positivismo é rapidamente rotulada de tecnofóbica ou antimoderna

Nenhum comentário:

Postar um comentário