objeto de consumo

 “[...] as estruturas actuais produção/consumo induzem o sujeito uma dupla pratica [...] do seu próprio corpo: o corpo como CAPITAL e como FEITIÇO (objeto de consumo)”. (BAUDRILLARD, 1995, p.136).

Nenhum comentário:

Postar um comentário