Exemplo de relatório para EMEI


EMEI
NOME DA CRIANÇA:    
PROFESSORA: 
DATA DE NASCIMENTO: 


O aluno (tal) compreende o que lhe é falado, seu comportamento  com  a professora, funcionários e colegas, oscila muito, tem momentos que ele é carinhoso, em outros  momentos é agressivo fisicamente,  na maioria das vezes sem motivo. O aluno não tem limites, não aceita ser contrariado,  não conhece a palavra “não”, as vezes além da agressividade utiliza palavrões, para agredir ou ofender quem está a sua volta e convive com ele. Quando tem essa alteração no comportamento, o aluno muda completamente e aparenta não ter controle de suas atitudes, nos momentos mais críticos, o aluno grita, se joga no chão, rola pela sala, faz birras, se auto-agride, em alguns momentos o aluno chega a se mordeu com muita raiva.

Contudo com a professora é satisfatório, apesar da dificuldade que aluno apresenta em  esperar sua vez, e nos momentos em que ele não é o centro das atenções, costuma não aceitar e compreender as solicitações dos adultos e ainda não desenvolveu habilidades para o convívio em ambiente escolar, pois  demonstra  um comportamento inadequado, sempre agitado, pulando pela sala ou chutando um amigo e ainda costuma sair da sala sem autorização. Em alguns momentos demonstra carinho com a professora e com os amigos, mas o aluno tem muitas dificuldades para interagir com a turma, normalmente brinca sozinho, e quando quer algum brinquedo que está com o colega usa meios físicos para pegar o brinquedo, sendo necessário acompanhar o aluno individualmente.
O comportamento do aluno demonstra que ele ainda não se adaptou ao ambiente escolar, mostra se resistente ao trabalho em grupo, não aceita esperar sua vez, não aceitar ficar na fila, porém,  em alguns momentos demonstra carinho com todos.

O aluno  sente muito a falta da mãe, e sempre está perguntando por ela, a professora e a auxiliar sem usam da mesma estrategia, levando-o para caminhar no pátio para distraí-lo  e fazer com que o aluno esqueça por um momento a falta de sua mãe.   
   
O aluno se encontra no nível silábico de escrita, gosta muito de desenhar   e apresenta dificuldade na execução das atividades e de acompanhar do conteúdo.
Não possui bom relacionamento com o grupo, pois todos os dias acontece algum incidente envolvendo o aluno, mas apesar disso, é bem aceito nos poucos momentos que demonstra certa tranquilidade. 

O relacionamento com a professora é satisfatório apesar da dificuldade que aluno apresenta em dialogar e interagir com todos. Costuma não aceitar e compreender as solicitações dos adultos e ainda não desenvolveu habilidades para o convívio em ambiente escolar, pois demonstra um comportamento inadequado, sempre agitado , pulando pela sala ou chutando e empurrando os amigos.
As intervenções são feitas por reforço escolar e atendimento individualizado (quando possível), atividades diversificadas e em nível inicial de alfabetização. Coletivamente elaboramos “combinados” para diminuir os conflitos e tentativas constantes de mantê-lo estimulado a executar as atividades propostas.
Concluo que o aluno tem o comportamento e o humor muito instável e imprevisível. Sua alterações de comportamentos são repentinas, porém, quase sempre quando ele é contrariado. Diante dos fatos relatados, e conhecendo bem o aluno, e pensando na aprendizagem significativa e no desenvolvimento físico, emocional e social deste aluno, solicito uma avaliação mais específica na área de saúde e uma conversa com os pais desse aluno. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário