Durkheim dava a maior importância, não somente enquanto intelectual, mas também como cidadão

Durkheim dava a maior importância, não somente enquanto intelectual, mas também como cidadão, a esta concepção racionalista da ação. Embora fosse hostil à agitação reformista, que perturba sem melhorar nada, sobretudo nas reformas negativas, que destroem sem propor algo novo, ele carregava a ação nas veias. No entanto, para que a ação fosse fértil, ele sustentava que ela deveria envolver aquilo que é possível, limitado, definido, determinado nas condições sociais em que ela se exercer. (Fauconnet 2013:22)

Nenhum comentário:

Postar um comentário