Depois do “fim da História”

Depois do “fim da História” prematuramente anunciado por Francis Fukuyama há alguns anos, o que se revela aqui é o engodo do “fim do espaço” de um pequeno planeta suspenso no éter eletrônico de nossos modernos meios de telecomunicação (...). Na falta de um “fim da História”, assistimos ao fim da Geografia. (Virilio, 1999, p. 15-17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário