A ILUSÃO DE INDEPENDÊNCIA

“Acontece que o indivíduo autônomo, anônimo, independente, livre, senhor do próprio destino, foi uma ilusão. Nem no século XIX nem no XX, o cidadão chegou a conformar-se com uma realidade social, política, espiritual”. (IANNI, 1988. p. 31.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário