pratica bullying

Fante (2005, p.71-72): “vítima típica, vítima agressora, vítima provocadora”.


Pedra (2008, p.110), “deve-se orientar o aluno agressor e aplicar a ele a pena prevista pelo regimento interno escolar, além de alertar seus pais ou responsáveis”.


Fante (2008, pg.15) , “o professor tem assegurado o direito a segurança na atividade profissional, com penalização da prática de ofensa corporal ou outra violência sofrida no exercício das suas funções”.

Pedra (2008, p.61), os que  assistem:  “repudiam as ações dos agressores, mas nada fazem para impedir”.

 Fante (2005, p.72), “a vítima provocadora possui um gênio ruim, tenta brigar ou responder quando é atacada, ou insultada, mas geralmente de maneira ineficaz”.



Chalita (2008, p.86), quem pratica bullying: “são alunos populares que precisam de platéia para agir. Reconhecidos como valentões, oprimem e ameaçam suas vítimas por motivos banais, apenas para impor autoridade”. -  Chalita (2008, p. 85) NESSE SENTIDO: “são vários os alunos envolvidos nessa situação de bullying”. 



Fante (2005),  Os que praticam bullying “apresentam mais forte que seus companheiros de classe e de suas vítimas em particular, podendo ser fisicamente superior nas brincadeiras, brigas e nos esportes, entretanto o autor pode ter a mesma idade ou ser um pouco mais velho que suas vítimas”.


Fante (2005, p.64), “crianças portadoras de deficiências físicas e de necessidades educacionais, correm maior riscos de se tornarem vítimas do autor do bullying, com a possibilidade de duas a três vezes maiores que as crianças consideradas normais”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário