As pessoas portadoras de deficiência tem direito a segurança econômica e social,

 Lei nº 10.098/00: “Acessibilidade: possibilidade e condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, dos espaços, mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos transportes e dos sistemas e meios de comunicação, por pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida”. (Lei 10.098, Art. 2º)

 “Ignorância não é atributo apenas dos mais pobres ou dos que têm menos estudo. È algo que está presente em todas as camadas sociais, em muitas famílias, grupos de empresários, funcionários do governo e até mesmo, em muitos médicos que não se especializaram em reabilitar pessoas portadoras de deficiência ou que não tem pratica no tratamento de algumas restrições do corpo” (RIBAS, 1996, p.63).


 TELFORD, 1978, p.55 “Todas as atividades que visam o desenvolvimento global do individuo vão refletir direta e indiretamente na sua capacitação para uma vida independente, produtiva e integrada socialmente”.


“As pessoas portadoras de deficiência tem direito a segurança econômica e social, e, especialmente, a um padrão condigno de vida. Conforme suas possibilidades também tem direito a realizar trabalho produtivo e a remuneração, bem como de participar de organizações de classe.” (Art. 7º, Declaração dos Direitos dos Portadores de Necessidades Especiais, 1975) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário