A situação atual e as dificuldades de funcionamento dos institutos federais de educação serão debatidas em audiência pública

Situação dos institutos federais de educação será debatida em audiência pública

   
Da Redação | 06/10/2017, 10h36 - ATUALIZADO EM 06/10/2017, 10h45

A situação atual e as dificuldades de funcionamento dos institutos federais de educação serão debatidas em audiência pública interativa da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) na terça-feira (10), a partir das 10h30.
Os institutos federais de educação, ciência e tecnologia fazem parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, vinculada ao Ministério da Educação (MEC), e estão presentes nas 27 unidades da federação.
Na quinta-feira (5), o MEC anunciou a liberação de R$ 366 milhões para os institutos federais de todo o país.
Foram convidados para o debate a secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Neves Braga Nascimento; o secretário-executivo do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Esteves Pedro Colnago Júnior; e a coordenadora-geral do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica, Cátia Cilene Farago.
Também devem participar o presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação, Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Francisco Roberto Brandão Ferreira; e José Maria da Luz Palheta Júnior, representante da Federação Nacional dos Estudantes em Ensino Técnico (Fenet).
A audiência, que foi requerida pelo senador Cristovam Buarque (PPS-DF), contará com o serviço de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e será realizada em caráter interativo. Qualquer pessoa pode participar com perguntas, críticas e sugestões por meio do portal e-Cidadania e ou pelo Alô Senado (0800 612211).

COMO ACOMPANHAR E PARTICIPAR

Participe: 
http://bit.ly/audienciainterativa
Portal e-Cidadania:
www.senado.gov.br/ecidadania
Alô Senado (0800-612211) 
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado
)

Nenhum comentário:

Postar um comentário