Murillo Mendes

 “Só não existe o que não pode ser imaginado” Murillo Mendes