Inclusões e deficiências

Sampaio (1946, p. 104) “A deficiência pressupõe um vazio a ser preenchido”. 

 PCN’S (1997, p. 30) “Na escola, portanto, quem deve determinar o caráter de cada dinâmica coletiva é o professor, a fim de viabilizar a inclusão de todos os alunos. Esse é um dos aspectos que diferencia a prática corporal dentro e fora da escola”.

 ‘’desajetivar a deficiência é um caminho‘’ (AMARAL, 1995, p. 148).

“Ao oportunizar a prática esportiva para os alunos com deficiência, os professores de Educação Física estarão rompendo e substituindo muitos paradigmas: da incapacidade pela capacidade, da baixa estima pela auto-estima, da exclusão pela inclusão” (SENATORE, 2006, p. 9)