Vygotsky e a Revolução Soviética

Jerome Bruner sobre Vygotsky e a Revolução Soviética: 
A realização do potencial de um indivíduo por meio da utilização do conhecimento e da partilha da consciência não podia depender da criança, mas da capacidade de a sociedade prover essa criança das ferramentas simbólicas de que ela necessitaria para crescer. Proporcionar oportunidades à criança de se relacionar com alguém  mais sábio ou capaz, que lhe fornecesse os conceitos e a conscientização que a capacitariam a dar o salto cognitivo para frente, foi a promessa que Vygotsky creditou à Revolução.