(GILES, 1987, p. 93).

Dante Alighieri (1265-1321) é o reflexo do primeiro ímpeto em direção a um novo alento intelectual que vai impulsionar, entre outras coisas, um novo processo educativo. Este, aliás, já está incipiente nas comunas italianas do norte. Trata-se de um novo estilo. O estudo obrigatório do vernáculo e maior ênfase na emergente literatura nacional apontam para novos rumos na educação (GILES, 1987, p. 93).