identidades" (Hall, 1999, p.12).

"o sujeito, previamente vivido como tendo uma identidade unificada e estável, está se tornando fragmentado; composto não de uma única identidade, mas de várias identidades" (Hall, 1999, p.12).