Adolescentes jovens...

Essa desvinculação não é uma rejeição da família, mas uma resposta as necessidades de desenvolvimento. Adolescentes jovens costumam-se retirar-se para seus aposentos; parecem precisar ficar sozinhos para fugir das demandas dos relacionamentos sociais, para recuperar a estabilidade emocional e para refletir sobre questões de identidade (LARSON, 1997 apud PAPALIA, OLDS & FELDMAN, 2006, p. 494).