MÃO DE OBRA (Masiero, 2007, p.336)

“a formação da mão-de-obra no Japão, na Coréia do Sul e, em certa medida, na China, desde as reformas de 1978, tem estado mais orientada para a assimilição e inovação de tecnologias que para as ciências básicas ou humanas em geral. É possível que a experiência desses países possa ilustrar como os sistemas educacionais devam ser desenhados para atender as necessidades cada vez mais dinâmicas das grandes corporações que atuam no mercado internacional” (Masiero, 2007, p.336).

Nenhum comentário:

Postar um comentário