A literatura, o poeta Jean Paul Sartre


Aqueles que copiam minuciosamente um escritor fazem-no de modo impessoal, fazem-no por confundir esse escritor com a literatura, fazem-no por supor que se afastar dele em um ponto é afastar-se da razão e da ortodoxia (Borges, 2000, p.18).


Afrânio Coutinho: “A literatura, como toda arte, é uma transfiguração do real, é a realidade recriada através do espírito do artista e retransmitida através da língua para as formas, que são os gêneros e com os quais ela toma corpo e nova realidade”.


Jean Paul Sartre: “O poeta sente as palavras ou frases como coisas e não como sinais. A sua obra é um fim e não um meio; uma arma de combate.”



Nenhum comentário:

Postar um comentário