O ensino da literatura na escola. (Magalhães, p. 26)

"Antes de se tornar disciplina escolar a literatura insinua-se sem as elaborações ou critérios pedagógicos que buscam um determinado fim. Ela substitui a onipotência do saber pragmático pela visão do enigmático e propõe uma transgressão das convenções sociais e dos limites morais." (Magalhães, p. 26).

"a literatura como força humanizadora, não como sistema de obras. Como algo que exprime o homem e depois atua na própria formação do homem." (Cândido, p.80). 


"Se, então, em vez de patrocinar exclusivamente roteiros de leitura inspirados nesta ou naquela teoria, a prática de leitura escolar centralizar sua reflexão sobre o ato concreto de leitura em curso no espaço de sala de aula e sobre as interpretações que ai ocorre (inclusive as decorrentes de roteiros de atividades), a leitura literária escolar pode converter-se numa prática de instauração de significados e, com isso, transformar o estudo da literatura na investigação e na vivência crítica do percurso social cumprindo por seus textos, suas teorias, suas leituras." (Zilberman,1988, p. 97).


Nenhum comentário:

Postar um comentário