Direitos, política e preconceitos (Bobbio, 2002: 104,105)


“o preconceito enraíza-se mais facilmente naqueles que já estão favoravelmente predispostos a aceitá-lo” (Bobbio, 2002: 104,105)

“Nos últimos anos, ao perceber as primeiras mordidas da velhice, fui me envolvendo e em certa medida me dispersando na reflexão sobre o problema do mal no mundo e na história e diminuindo minhas ligações com o universo da política” (Bobbio, 2002:9)

Soares (2003): "A filantropia substitui o direito social. Os pobres substituem os cidadãos. A ajuda individual substitui a solidariedade coletiva. O emergencial e o provisório substituem o permanente. As microsoluções ad hoc substituem as políticas públicas. O local substitui o regional e o nacional".


“... vindo a ser comum se falar de mercado global, comunicação global, conferências globais, ameaça global e assim por diante.” (Scholte, 2001, p.14).

"direitos do homem reconhecidos e protegidos, não há democracia; sem democracia não existem as condições mínimas para a solução pacífica dos conflitos” (BOBBIO, p.01)"

Nenhum comentário:

Postar um comentário