Desigualdades e educação (Bourdieu, 1998, p. 53)


"Em outras palavras, tratando todos os educandos, por mais desiguais que sejam eles de fato, como iguais em direitos e deveres, o sistema escolar é levado a dar sua sanção às desigualdades iniciais diante da cultura" (Bourdieu, 1998, p. 53).


"as grandes obras nascem sempre de uma experiência fundadora, de um traumatismo, de uma tensão interior. O pensamento de Bourdieu crava suas raízes em uma dolorosa experiência existencial. Ela remonta a sua adolescência, a sua entrada no Liceu Louis-le-Grand, depois na prestigiosa École Normale Supérieure, rua d'Ulm, na qual ingressa em 1951."
 (Dortier, 2002, p. 3)

Nenhum comentário:

Postar um comentário