"Ecologia e crítica da sociedade moderna" (1977), diz Marcuse:

Na conferência "Ecologia e crítica da sociedade moderna" (1977), diz Marcuse:

Os indivíduos introjetamNa conferência "Ecologia e crítica da sociedade moderna" (1977), diz Marcuse: valores e objetivos, os quais estão incorporados nas instituições sociais, na divisão social do trabalho, na estrutura de poder estabelecida, e assim por diante. E, inversamente, as instituições sociais e políticas refletem (...) as necessidades socializadas dos indivíduos, as quais se tornam deste modo suas próprias necessidades.


Este é um dos processos mais importantes na sociedade contemporânea. Com efeito, as necessidades que verdadeiramente são oferecidas aos indivíduos pelas instituições, e em muitos casos impostas aos indivíduos, acabam tornando-se as próprias necessidades e carências dos indivíduos. Esta aceitação das necessidades impostas contribui para uma estrutura de caráter afirmativo. (GR, p.146-47)

referencia:

Nenhum comentário:

Postar um comentário