Morin (1990: 100) ‘A totalidade é a não verdade’”

Martí (1997: 29) “o ponto de vista de Piaget está dirigido aos mecanismos internos de construção, sendo os mecanismos externos secundários e subordinados aos da construção interna. Assim, o papel desempenhado por outras pessoas no desenvolvimento nunca é decisivo, nunca é estruturador nem portador de novidades para Piaget”.


 “o que Piaget nos oferece no que se refere à dinâmica interna da construção de conhecimentos (modelo de equilibração, os mecanismos de tomada de consciência, de abstração, a importância do conflito, etc.) é essencial quando pensamos nas situações de aprendizagem e na prática educacional, mas é insuficiente se pensamos no papel essencial que o professor deve desempenhar no processo de aprendizagem” (1997: 24).


Morin (1990: 100) “a consciência da complexidade faz-nos compreender que não poderemos nunca escapar à incerteza e que não poderemos nunca ter um saber total. ‘A totalidade é a não verdade’”

Nenhum comentário:

Postar um comentário