George Polya ( Resolver problemas)

George Polya “A arte de resolver problemas”
1. Compreensão do problema - O aluno terá que transcrever da forma lingüística para a forma matemática. Para alguns, aí já existe uma grande barreira, pois o aluno terá que interpretar o problema e passar do português para os símbolos matemáticos.
2. Estabelecer um plano - É a hora de encontrar a conexão entre as informações que o problema dá e a pergunta que o problema faz. Aqui o aluno vai precisar de toda uma estrutura cognitiva onde estejam “guardados” conceitos matemáticos, operações, regras, algoritmos que possibilitem a compreensão do enunciado, ou seja, o que ele vai fazer com as informações que o problema dá.
3. Execução do plano - É o momento de colocar em prática o plano pensado.
4. Verificação da resposta - É o momento de examinar a solução obtida. Afinal, o plano que foi pensado, selecionado e executado, deu certo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário