Formação de Profissionais da educação...







Freitas (2002, p..) “todo esse processo tem se configurado com um precário processo de certificação e ou diplomação e não qualificação e formação docente para o aprimoramento das condições do exercício profissional”.




“pela formação de qualidade e por uma política global de formação e valorização do magistério”(FREITAS, 2003).




no século passado, a escola aparece proclamada como direito de todos. Na realidade, ela não era igualitária, já que admitia ser um instrumento para resolver o problema das crianças e jovens pobres e desvalidos - presas fáceis da marginalidade. Ao longo dos anos, porém, aquele tipo de escola propagado pela burguesia como igualitária passou a ser alvo de crescentes críticas, pois, além de não garantir acesso a todos, não garantia, ainda, a permanência do aluno no sistema escolar. (RODRIGUES e BRANDALISE, 1998, p. 33).




Mantoan (2001) (...) o ensino dicotomizado em regular e especial, define mundos diferentes dentro das escolas e dos cursos de formação de professores. Essa divisão perpetua a idéia de que o ensino de alunos com deficiência e com dificuldades de aprendizagem exige conhecimentos e experiência que não estão à altura dos professores regulares.




busca aprimorar o que o professor já aprendeu em sua formação inicial, ora fazendo-o tomar consciência de suas limitações, de seus talentos e competências, ora suplementando esse saber pedagógico com outros, mais específicos, como o sistema braile, as técnicas de comunicação e de mobilidade alternativa/aumentativa, ora aperfeiçoando a sua maneira de ensinar os conteúdos curriculares, ora levando-o a refletir sobre as áreas do conhecimento, as tendências da sociedade contemporânea, ora fazendo-o provar de tudo isso, ao aprender a trabalhar com as tecnologias da educação, com o bilingüismo nas salas de aula para ouvintes e surdos. (MANTOAN, 2001).




Gimeno Sacristan,(1999, p. 52) com as reformas cria-se a sensação de movimento, geram-se expectativas e isso parece provocar por si mesmo a mudança, embora em poucas ocasiões, ao menos em nosso contexto, se analise e se preste conta, depois, do que realmente ocorreu”





Divulgue acessando:

Nenhum comentário:

Postar um comentário