A nova tendência da literatura contemporânea

“exploravam, em equivalências de linguagem verbal, as possibilidades imaginárias e estéticas do cinema e da televisão nascente” (PERRONE-MOISÉS, 1998, p. 203).


“indispensável para que a cultura – os homens – não avance às cegas. Eles acreditavam em coisas que a grande literatura nos pode dar: ampliação do imaginário, encontro com o outro e autoconhecimento, capacidade de impressão e de expressão, visão crítica do real (...)” (PERRONE-MOISÉS, 1998, p. 214).

"a Literatura Imparcialista e o Movimento Literário Imparcialismo formam a literatura para o novo contexto, a literatura que nasce da observação do homens contemporâneo"
(J.Nunez artigos imparcialistas)

Divulgue acessando: http://literaturaimparcialista.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário